• Uma empresa         acesse >    

Eco do Bem

Educando com a Horta Escolar

Construir e cuidar de hortas em escolas do Rio de Janeiro. Aproximar os alunos da agricultura orgânica familiar. Cultivar a alimentação saudável.

Um projeto de Meio Ambiente por

Mirian Teresa

compartilhe este projeto

Nossa história  

Somos do coletivo Hortação. Eu sou a Mirian Teresa de Sá Leitão Martins, educadora, especialista  em  Gestão Ambiental e  Mestre em Ciências, sempre militei por uma  educação transformadora e criei o Hortação em 2012. O Coletivo busca levar para as escolas públicas atividades de plantio, vivências sobre alimentação orgânica e agricultura familiar, já realizamos em algumas escolas.

E a partir do Projeto Educando com a Horta Escolar poderemos aproximar mais alunos e alunas dos produtores familiares, propiciar uma vivência em uma propriedade de agricultura familiar orgânica, criar o hábito de consumo de alimentos orgânicos e instrumentalizá-los para realizar pequenas hortas.

Nossa equipe conta também com outras importantes pessoas para o projeto se realizar:

Érika Guimarães chef, graduada pela UNESA. Desde 2009, ela trabalha com Alimentação Viva e alimentação natural, com formação pelo TERRAPIA/FIOCRUZ. É fundadora da NATURIO e estudante de Pedagogia pela UNIRIO, já realizou várias atividades de plantio com o pessoal do coletivo Hortação.

Tayane Fernandes, nutricionista formada pela Unirio, com trabalhos na área de sustentabilidade e educação alimentar e nutricional. Já realizou atividades de educação alimentar e nutricional ligados a aproximação da produção e do consumo alimentar através de uma horta, em uma instituição filantrópica no Rio de Janeiro.

A inspiração

A inspiração para a criação do Projeto “Educando com a Horta Escolar ", surgiu da vivência com ações sociais pontuais, as quais crianças de escolas do meio urbano da cidade do Rio de Janeiro demonstravam a imensa curiosidade a respeito de como ocorre o crescimento e colheita de alimentos até chegarem as suas casas e de conhecerem alimentos tradicionais que não faziam parte da sua dieta alimentar, já que nas cidades a alimentação baseada em fast foods é a mais utilizada.

Além disso, do encantamento e motivação dessas crianças ao poder mexer com a terra e escutar de agricultores como deveriam realizar plantios de mudas e sementes no contato em atividades de plantio.

Despertou-nos então o desejo de poder levar até alunos de escolas públicas do ensino fundamental do município do Rio de Janeiro atividades de educação alimentar e plantio.

Com esse cenário, criamos o coletivo Hortação que já existe desde 2012. Nós realizamos atividades de plantio orgânico em caixotes e atividade de educação alimentar em escola do município do Rio. Os alunos simplesmente adoram as atividades de plantio, já construíram uma composteira doméstica, mudaram hábitos alimentares, preferindo frutas no seu lanche aos alimentos industrializados, demonstram interesses em conhecer sobre a alimentação orgânica, o cultivo e alguns já estão cultivando em suas casas. Assim, entendemos a necessidade de aproximar esses alunos e alunas dos produtores familiares, de propiciar uma vivência em uma propriedade de agricultura familiar orgânica, criar o hábito de consumo de alimentos orgânicos e instrumentalizá-los para realizar pequenas hortas. Além do desejo de expandir essa ação para outras escolas para que mais alunos sejam beneficiados.

Essa é a nossa motivação!

Objetivos do projeto

Levar aos alunos da área urbana do ensino fundamental da cidade do Rio de Janeiro, conhecimento sobre como se dá a produção de alimentos orgânicos que chegam até os consumidores.

Estimular o consumo de alimentos saudáveis.

Construir e cuidar com alunos e professores Horta Escolar de manejo orgânico.

Conscientizar a partir do semear, plantar e colher da atividade da horta sobre a importância da agricultura sem agrotóxicos na produção de alimentos saudáveis. Mudar hábitos alimentares em alunos de uma área urbana a partir do resgate e experimentação de alimentos tradicionais e saudáveis.

 

Investimentos

O dinheiro arrecadado custeará:

A vivência de plantio e visita guiada nas propriedades produtivas orgânicas.

A aquisição de alimentos orgânicos nas feiras.

A compra de material necessário para a implementação de uma horta na Escola.

O pagamento de educadores ambientais envolvidos nas atividades de criação e cuidado da horta e demais atividades.

Os valores

Visita a agricultores transporte/vivência/alimentação RS 1.500,00

Oficinas de agroecologia da horta durante 4 meses RS1.500,00

Oficinas de Educação alimentar com nutricionistas, educadores alimentares e agricultores R$ 3.000,00

Material para construção da Horta e Implementação do sistema da rega de permacultura  R$ 1.000,00

TX e  Recompensas R$1.500,00

TOTAL R$8.500,00

Vem com a gente! Sua participação é fundamental para esse projeto acontecer!